Curta a página no facebook

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Os dias


Tem dias que sorrio,
Tem dias que sou dor
Como hoje
Apesar do sol e calor
Pois quando escrevem sobre tristeza e sentimentos duros,
os homens gostam de dizer que lá fora chove.

Tem dias que sou pleno
Tem dias que sou oco
E esse oco dentro de mim é a mais das vezes inabitável de sentimento,
não como ocos de troncos de árvores, onde corujas fazem ninhos,
e meninos guardam tesouros,
mas o mais profundo e escuro oco.

Tem dias que me sinto só
Tem dias que mais do que me sentir, tenho a certeza de que o sou.
Não nasci pra ter vida fácil,
e embora o riso se estampe muitas vezes em minha face feia,
ele é uma máscara que esconde esgares.

Tem dias que quero ir embora
Tem dias que me passam ideias e vontades de ser andarilho, louco e mendigo.
Tem dias que as poltronas de veludo que me aconchegam me irritam
e quero rasgá-las à faca, à força, despejando municipal raiva.

Tem dias que o sol brilha, mas é noite.

 
 Foto: Djair - Relógio do apartamento 101,  rua dos correeiros 171. Lisboa - Portugal

10 comentários:

  1. Aprendi a viver um dia de cada vez.Cada dia tem seu encanto,cada dia tem seu amargura,cada dia tem sua alegria,cada dia tem sua dor..Os dias passam e com eles,nossas vidas..Um dia sim,um dia não..Um dia eu esqueço,mas para que me enganar?Se eu sei que na verdade,tentei não lembrar.

    Beijão,Djair!Dani.

    ResponderExcluir
  2. Os dias passam, a cada um deles um acontecimento uma novidade e é apenas isso a vida que flui, as vezes por nossa conta, as vezes por nossa passividade mas ela não deixa de acontecer e de nos transformar nos legando suas marcas...

    ResponderExcluir
  3. Oi querido amigo...as vezes acontece isso mesmo e viramos do avesso...acho que isso se chama interiorizaçao e evoluçao...vivamos os dias conforme vem...as vezes nao tao bons...as vezes nao tao ruins mas o importante é viver nossas próprias experiências e sacar delas o melhor.
    Bejao enorme amo vc e te admiro muito.
    Soni@

    ResponderExcluir
  4. ufá, me fez pensar nas Posias de Manoel de Barros. bem intenso é isso a vida. Tem dia que gente se sente como quem partiu ou.......Esta musica também me faz pensar.......beijos

    Muito obrigada

    Carminha

    ResponderExcluir
  5. É... esses são os dias em que experimentamos a sensação de quando viemos e quando partimos desse mundo :a sensação de estar sozinhos!
    E o esforço para nos resgatar "para o mundo" é penosooo... porque nesses dias estamos tão cansados, que da uma vontade imensa de desistir e dizer sim , seja para a vida, ou pra morte, desde que sejamos carregados.rsrsrs
    Mas aí, algo mais forte dentro da gente, algo que ainda tem um pouco de força para erguer o braço, da um tiro no algoz,nos liberta e nos arrasta para um lugar seguro. Nos da água para beber, trata as feridas e diz : "Agora descanse! Amanhã estará sentindo-se melhor... "

    E no dia seguinte la estamos nós, arriscando os primeiros passos em direção a porta e finalmente a abrimos... a claridade ainda incomoda, mas com certeza sabemos que desistir não é a solução. >:O)

    Beijinhos meu amigo !

    Não vou falar quem sou para não correr o risco de o duende Goiano de olhinhos puxados atrapalhar minha postagem . rsss

    ResponderExcluir
  6. Pois sempre quero ver o sorriso em tua bonita face, meu amigo. Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  7. Muito bom, Djair!
    Continue pensando em dias bem diferentes uns dos outros, para que você possa continuar a nos brindar com poemas bem diferentes uns dos outros.
    Abraço,
    Luiz Otávio de Lima pereira

    ResponderExcluir
  8. Bicho, tu resumiu minha semana em seu poema. Riscar a poltrona com uma faca, geralmente é minha semana de segunda a sexta. Parabéns irmão

    ResponderExcluir
  9. me tocou essa poesia, sem dúvida... !!! e pior que é assim mesmo, dias felizes e dias tristes, mas enfim tudo isso, faz parte de nossas vidas.... !!!

    Adonice Bueno Bertero

    ResponderExcluir