Curta a página no facebook

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Junções II

Apesar de optar por fazer um blog de autoria exclusiva, em setembro publiquei um post com o título "junções", frase de Vitor Fasano na Novela de Glória Peres com uma outra de João Guimarães Rosa. Aqui segue, no que talvez se torne uma série, outra junção de duas frases, que a meu olhar harmonizam-se em casamento perfeito. A primeira, costuma ser atribuida a Henfil, após a publicação, na Revista Isto é, nos anos 1980, em plena campanha pelas Diretas. Quando da publicação ele mesmo informa te-lo recebido de outrem. ("Um dia em Jundiaí um puro, ao ouvir meu OPTEI pela organização do povo, me deu os seguintes versos, que passo adiante amanhã. Para ser lido dia 22 de novembro de 1982.") A segunda, de Elza Morante em "A História" "Se não houver frutos, valeu a beleza das flores... se não houver flores, valeu a sombra das folhas... se não houver folhas, valeu a intenção da semente" "Todas as sementes falharam, exceto uma, que não sei exatamente o que seja, mas que provavelmente é uma flor e não uma erva-daninha."

Foto: Djair - Florzinha rasteira no acostamento no "Caminho da Guia" em Floriano - Piauí. Desta vez a data está correta.

3 comentários:

  1. Florzinha bonitinha...
    Texto bonito...

    ResponderExcluir
  2. Pois é, toda ação é valida,até mesmo quando o resultado não é o que esperávamos.
    Mais importante que o destino que se deseja é o caminho e o tipo de passo escolhido para chegar até ele. O destino é a recompensa...o caminho é aprendizado. (a pérola escondida no bolo )

    ResponderExcluir
  3. A vida não nos decepciona,nós é q a decepcionamos...essa flor solitária no meio em q deveriam haver muitas é uma prova...

    ResponderExcluir