Curta a página no facebook

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Escrevendo...



Às vezes saem bonitas
outras tantas, esquisitas
as palavras que arranho no papel.

Não tenho controle sobre elas,
simplesmente vêm e a tinta dá forma ao que era pensamento,
ou como muitas vezes, nem isso o era.

Às vezes um primor, às vezes um tormento,
por vezes me orgulho de um ou outro momento rico,
em outros me acho um asno, mesmo assim escrevo,
só pra espantar o marasmo.

Um comentário: