Curta a página no facebook

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Os Mutilados



Texto de apresentação da exposição os mutilados. Novembro de 2015

Os Mutilados

   A Biblioteca Central da UFES, Campus Goiabeiras, abre ao público em outubro de 2015 a mostra “Os Mutilados”, uma exposição de livros de seu acervo que foram danificados, propositalmente ou não, durante o processo de consulta ou empréstimo, apesar de constituírem um rico patrimônio público que compõe o maior acervo bibliográfico no estado do Espirito Santo.
Embora seja uma biblioteca acadêmica, de uso do corpo docente e discente da Universidade, a Biblioteca Central atende também ao público externo, uma enorme quantidade de pessoas não só da capital, que tem nela o depositário legal de obras de literatura e conhecimento diverso, passando pelas obras raras e iconográficas, além de encontrar um local de refúgio a fim de se dedicar ao estudo e leitura.
Para chegar à estante, cada livro tem um longo caminho a percorrer. Depois de a ideia do autor ter tomado forma impressa, ele passa pelo crivo de especialistas, professores, bibliotecários, pesquisadores, alunos e leitores em geral, que os recomendam à biblioteca, onde se efetua a seleção dessas indicações com base no conjunto já existente. A compra é realizada por meio de pregão eletrônico (licitação) e, após a entrega, o livro passa pela conferência de seu estado físico, pelo processamento técnico (inserção na base de dados, carimbo, etiquetagem) e armazenamento, a partir do qual fica disponibilizado para consulta local ou empréstimo.
Infelizmente todo esse trabalho pode ser perdido num único dia, e não raro no mesmo dia da disponibilização, por um único usuário que o danifica, intencionalmente ou não, por descuido ou omissão.
Em um país onde a imprensa foi estabelecida há apenas dois séculos, e a primeira universidade data de 1912 (enquanto que a Universidade de Coimbra, por exemplo, foi criada em 1° de março de 1290), os livros representam uma riqueza extraordinária e a difusão do conhecimento contido numa biblioteca transcende espaços e convenções.
A exposição “Os Mutilados” busca apreender o olhar do observador de forma a sensibilizá-lo e indigná-lo diante do dano/crime causado a um patrimônio que, mais que público, é impessoal e transferível. Essa transferência se dá na medida em que o conhecimento assimilado em cada obra permanece com seu leitor, que o reelabora e o transmite a outro através dessa fineza que é a cultura adquirida e transformada em expressões, gestos, vocabulário e saber.

Djair Rodrigues de Souza
Curador

Ficha Técnica da Exposição
Reitor: Reinaldo Centoducatte
Vice-Reitora: Ethel Maciel
Diretora da Biblioteca Central: Arlete Franco
Superintendente de Cultura e Comunicação: Edgard Rebouças
Secretário de Cultura: Rogério Borges de Oliveira
Curador: Djair Rodrigues de Souza

Equipe Técnica:
Márcia Mendonça
Vera Lúcia Trancoso
Whashington Loureiro Barbosa
Eric Arantes Ribeiro



 

Um comentário:

  1. Dja, que bacana! Uma iniciativa que, se não sensibilizar alguns, ao menos causará vergonha aos que tratam os livros sem o menor cuidado. Eu me envergonharia, se fosse o caso. Bjs

    ResponderExcluir